Saturday, April 29, 2006

Sozinho aqui agora, posso ser quem eu quero ser. Posso não ter pudor, posso fazer o que eu bem entender.

Todos foram para o Guarujá, e eu não. Ainda bem. Não aguento mais o Guarujá.

Hoje vou sair para algum lugar, não sei pra onde. O fim de semana já está comprometido com atividades e ele mal começou.

que post sem sentido. acordar cedo de fim de semana eh foda. não seria se todos acordassem cedo, só que isso não acontece

Friday, April 28, 2006

De repente nada mais faz sentido pra você.
De repente percebe que tudo só existe por causa de você.
Percebe que tudo só acontece por causa de pequenos atos que não provêm de você necessariamente.
De repente você nota que aqueles valores que você defendia com unhas e dentes de nada servem.
Você ouve pessoas, assiste aulas e mais aulas embasadas em filosofia, (e não só as assiste, como presta atenção nelas!!) lê livros, tiras de jornal, revistas, artigos de internet, scraps do orkut, e-mails, cartinhas de namoradas, amigos, letras de música e chega na conclusão que não há motivos para querer ser igual. Não há mais motivos para querer chamar atenção daquela menina com a foto de profile mais perfeita, nem de querer se preocupar com o que as pessoas falam de você. Não há mais motivos para dizer "eu te amo" nem para dizer "eu te odeio". Não há motivos nem mesmo para divulgar o próprio blog que você acaba de inaugurar um dia depois do seu aniversário!

Sim! ontem foi meu aniversário, e o que posso perceber com isso e com todos os meus 19 anos vividos (tudo bem, não são muitos anos, mas mesmo assim!) é o amor incondicional da minha família para comigo, a preocupação de alguns poucos amigos, dezenas de scraps de pessoas que eu sequer converso, e até mesmo (isso me surpreendeu) uns 2 ou 3 scraps de pessoas com as quais eu nunca conversei. Por que eu tenho essas pessoas na minha lista de amigos, afinal? Por que eu tenho orkut? Por que dos porquês? Se eu me cadastrei no orkut e se eu adicionei essas pessoas é por que em algum momento eu achei que, ou isso fosse adicionar algo a minha pessoa pelo menos naquele momento, ou estava drogado, bêbado, fora de mim (improvável), ou por puro modismo ou comodismo.
Dizem que se uma pessoa entra em nossas vidas não é por acaso. É destino! Descobri algo (que na verdade já tinha ouvido falar, mas me aprofundei a pouco) que o destino é descrito como "aquilo que foge do previsível" e existe uma teoria que anseia calcular o imprevisível: A "Teoria do Caos". Não confio muito nela, mas o nome pelo menos é legal. É forte! Impactante! Ou simplesmente "legal" mesmo. Pelo menos é uma alternativa para a simples idéia do Destino que eu achava muito vaga. Para coisas complexas, soluções simples! Para coisas simples, soluções complexas!

Bom, escrevi demais, estou tentando tomar rumo na vida!! .... Nãão, na verdade na estou, hehe.. é que eu preciso de uma fonte de renda para me manter e para isso é preciso Rumo, Foco e Atitude. Me falta muito dos 3! Que fracasso!

Queria ser apenas um ser humano, sem o peso histórico-cultural da denominação HOMEM nas minhas costas!

Não me desejem parabéns, Parabéns me lembra Xuxa!

XXX (para mim mesmo sendo que esse é um espaço não divulgado. Falo sozinho por aqui)